Entenda como funciona o programa de Casa Verde e Amarela


Se você pretende sair do aluguel e realizar o sonho da casa própria, o programa de financiamento imobiliário do Governo Federal, Casa Verde e Amarela, pode ser uma ótima opção para você.


O que é o programa Casa Verde e Amarela?


O programa tem o mesmo objetivo que o programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV), ou seja, ajudar as pessoas que querem fugir do aluguel a ter acesso a uma moradia segura e de qualidade dentro de suas condições. Falamos sobre esta mudança em outro blog: clique aqui para conferir.

Entre as principais diferenças e vantagens estão a redução de juros, o fortalecimento econômico e o aumento na meta de contratação de novas cartas de crédito.


O foco do programa continua a ser o fornecimento de moradia de qualidade para milhares de pessoas com baixa renda.


Como é a estrutura do programa Casa Verde e Amarela?


O programa é dividido em faixas de renda. No total são 3 categorias, que podem ser divididas assim:

Faixa 1,5: famílias com renda de até R$ 2.000

Faixa 2: famílias que recebem até R$ 4.000

Faixa 3: famílias com renda de até R$ 7.000


Dependendo de cada grupo, serão disponibilizados programas e subsídios diferenciados, que vão ser oferecidos aos beneficiários. Todas as diferenças constam na regulamentação do Ministério do Desenvolvimento Regional.


Como funcionam os juros?


Os juros podem variar de acordo com o grupo, sendo o primeiro o mais beneficiado.


Em todos os casos, geralmente, a taxa é muito inferior às oferecidas pelo mercado fora de programas habitacionais. Por este motivo, se você fizer jus à participação no programa, valerá muito a pena.


Entretanto, no CVA temos algumas novidades bem interessantes que podem facilitar a conquista do imóvel próprio:


taxas diferentes para as regiões Norte e Nordeste — tendo em vista que estas localidades apresentam o maior déficit habitacional do Brasil, foi estabelecida uma taxa diferenciada a seus moradores em todas as faixas;

taxas menores para cotistas do FGTS que tiverem feito mais de 36 meses de contribuição ao fundo — quem fizer a compra de imóveis nesta condição, terá uma redução da taxa de juros, pois são os recursos desse fundo que ajudam a financiar o programa habitacional.


Agora as taxas do novo programa Casa Verde e Amarela, para as pessoas que moram nas regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste do Brasil, são:


Grupo 1: taxa de 4,5% até 4,75% para os cotistas e de 5% até 5,25% para os não cotistas.


Grupo 2: taxa de 5% até 6,5% para os cotistas e de 5,5% até 7% para os não cotistas.


Grupo 3: taxa de 7,66% para os cotistas e de 8,16% para os não cotistas.

As taxas nas regiões Nordeste e Norte do país ficaram assim. Veja só:


No grupo 1,5, a taxa é de 4,25% a 4,5% para cotistas e 4,75% a 5% para não cotistas

do FGTS.


No grupo 2, a taxa é de 4,75% a 6.5% para cotistas e 5,25% a 7% para não cotistas.

E, por fim, o grupo 3, que tem taxa de 7,66% para cotistas e 8,16% para não cotistas.


Se você ficou com alguma dúvida, ou quer conhecer outras opções de financiamento fale com um dos nossos corretores. Teremos o prazer de atender você.

 
232094115287057